top of page

Cbic projeta crescimento maior que o esperado em 2024 no setor da construção civil

Após um ano desafiador em 2023, o setor da construção civil no Brasil está se preparando para uma retomada significativa em 2024, superando as expectativas iniciais. A Câmara Brasileira da Indústria da Construção (Cbic) revisou suas projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) da construção civil este ano, prevendo agora um avanço de 2,3%, em comparação com a estimativa anterior de 1,3%. Essa revisão para cima reflete uma série de fatores otimistas que estão impulsionando o setor.



Um dos principais impulsionadores desse crescimento é a contínua alta nas contratações, refletindo uma demanda sólida por projetos de construção. Além disso, as empresas do setor estão demonstrando expectativas positivas para compras e lançamentos, impulsionadas pela perspectiva de crescimento econômico do país este ano. A reformulação planejada do programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV) também está projetada para ter um impacto positivo, fornecendo um estímulo adicional ao setor.


No entanto, apesar desses sinais encorajadores, há desafios significativos que precisam ser abordados. Um desses desafios é a perda contínua de recursos da caderneta de poupança desde 2020, resultando em menos financiamento disponível para o setor imobiliário. Esse declínio pode limitar o acesso ao crédito e afetar negativamente a capacidade das pessoas de adquirirem novas propriedades.


Outra preocupação é o aumento do financiamento de imóveis usados em detrimento dos imóveis novos, principalmente através do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Esse desequilíbrio pode potencialmente desacelerar a produção de novas propriedades e impactar a criação de empregos no setor.


Além disso, os custos da construção estão em alta, desde materiais até mão de obra, o que representa um desafio adicional para as empresas do setor. No entanto, apesar desses obstáculos, os empresários da construção estão mantendo expectativas positivas em relação ao nível de atividade do setor, o que pode impulsionar a compra de insumos e matérias-primas.


Um sinal encorajador é o aumento do número de profissionais registrados na construção, indicando um crescimento contínuo da força de trabalho do setor. Esse aumento de 6,71% em fevereiro deste ano em comparação com o mesmo período do ano anterior é um indicador positivo do potencial de crescimento e desenvolvimento contínuo da indústria da construção civil brasileira.


Em resumo, embora haja desafios a serem superados, o setor da construção civil brasileira está posicionado para um crescimento sólido em 2024, impulsionado por uma série de fatores positivos, incluindo a demanda contínua, perspectivas econômicas favoráveis e reformas planejadas no setor. No entanto, é crucial que as partes interessadas do setor trabalhem em conjunto para enfrentar os desafios e aproveitar as oportunidades para garantir um crescimento sustentável e inclusivo no futuro.

5 visualizações

Comments


bottom of page